Você esta aqui: Home

News

SILVESTRE VIDROS ENSINA COMO FUNCIONA O FECHAMENTO DE VARANDA

A solução garante melhor aproveitamento do ambiente externo, conforto térmico e acústico e proteção contra chuva e sol. Veja o que levar em conta antes da instalação

 

Você já reparou que as varandas dos apartamentos ganharam novo status na obra. Com espaço mais amplo e possibilidade de integração com o restante da área social, os espaços externos ganharam novas funções que vão de área gourmet, sala de estar, e por que não, home office? Além da metragem mais generosa, outro item possibilitou a valorização das varandas dos apartamentos, que foi a possibilidade de fechar a abertura com vidro. “Tal solução possibilita a proteção do ambiente contra as intempéries, sem perder a vista”, defende a Andrea Oliveira, diretora da Silvestre Vidros, empresa referência em vidraçaria e serralheria de alumínio, e que é especialista no fechamento da varanda.

Dentre os benefícios garantidos pelo fechamento da sacada está a segurança, privacidade e conforto acústico e até térmico, quando escolhido um vidro com película de proteção UV. Mas afinal, como funciona o fechamento de varanda? “É feito com lâminas de vidro cortadas sob medida, que correm em um trilho que possibilita a abertura e fechamento total ou parcial”, explica Andrea.

Permissões necessárias

Projeto assinado pela designer de interiores Patrícia Pasquini, com fechamento de varanda da Silvestre Vidros.

 

Porém, alguns cuidados são necessários antes de contratar uma empresa especializada. É necessário consultar, por exemplo, as normas do condomínio para ver as regras do prédio a respeito desse tipo de intervenção, que só deve ser feita após um arquiteto ou engenheiro fazer a avaliação estrutural do espaço, para saber se a laje aguenta o peso extra. Esse segundo ponto é pré-requisito básico antes da instalação dos vidros na fachada, para evitar a sobrecarga estrutural que pode representar um dano permanente no edifício. Por isso, para a execução do serviço, é preciso apresentar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) ou o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) do profissional responsável por ele.

Outra dica da Andrea, que vive o dia a dia das obras junto aos clientes, é ficar atento à garantia da construtora, que tem validade de cinco anos. “Quando o apartamento ainda está no período de garantia, indicamos que a intervenção seja documentada formalmente para que não se perca o direito a garantia”, reforça.

Independentemente do modelo de fechamento escolhido, o vidro já é pré-determinado, sendo indicado o laminado ou temperado com película, conforme a norma NBR 16259. O vidro também precisa apresentar a película ante estilhaços para segurança de quem mora no apartamento ou entorno.

Um dos sistemas mais utilizados no momento é o europeu, que permite a abertura total do vão, e pode ser utilizado a qualquer formato de varanda. As lâminas de vidro ficam alinhadas em um único trilho por um pivô central. E giram em 90 graus, podendo ser recolhidas em um dos cantos. “É importante buscar uma empresa especializada para garantir a vedação completa, pois a má execução pode trazer inúmeros problemas, como dificuldade de movimentar o vidro, e até mesmo não bloquear a entrada da chuva, trazendo problemas para os moradores”, finaliza.

Serviços

Silvestre Vidros
www.silvestrevidros.com.br
Instagram: @silvestre_vidros

contato@mdassessoriacom.com.br

Blank Agência Criativa